Google+ Followers

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

ESPETÁCULO - FOME



     O espetáculo “Fome” em 2007 participou do Festival de Teatro de Ipitanga, sendo indicado nas categorias: Melhor espetáculo, melhor direção, melhor autor, melhor atriz, melhor iluminação e melhor trilha sonora. Recebendo os prêmios de: Melhor Direção e Melhor Atriz.
      Em cena dois personagens expõem conflitos internos e necessidades humanas, usando como base a fome, situação que desencadeia outros problemas, como criminalidade. A estrutura da dramaturgia propõe uma viajem ao mundo dos sonhos, uma mistura de ficção e realidade.
      Toda ação se dá no mesmo ambiente, um lixão. O lugar e o tempo são indefinidos, provocando uma sensação de instabilidade no público. Por ser um espetáculo “de situação e não de acontecimento” são usadas imagens no lugar de fatos.
      Na peça, as personagens conversam obsessivamente enquanto procuram saciar sua fome, por mais que eles se alimentem nunca é suficiente. A procura é comunicada através de imagens banais, que revelam a necessidade humana de saciar sua “fome”, seja ela qual for. O conflito consiste basicamente no prolongamento infinito desta procura.


FICHA TÉCNICA
Autor e Diretor – Leandro Rocha.
Preparação de Atores – Marcos Oliveira.
Elenco – Luis Falcão e Marli Souza.
Figurino – Leandro Rocha e Marli Sousa.
Iluminação – Marcos Oliveira.
Operador de Luz – Marcos Oliveira.
Cenografia – Leandro Rocha, Marcos Oliveira, Luis Falcão e Marli Souza.
Pesquisa Musical e Trilha Sonora – Leandro Rocha.
Edição Musical – DJ - M.Jay.
Operador de Som – Leandro Rocha.
Elaboração de Projeto – Leandro Rocha e Marcos Oliveira.
Fotografia – Rafael Martins.
Design Gráfico – Vinicius Couto e Leandro Rocha   
Assessoria de imprensa – Donminique Azevedo
Produção – A Companhia de Teatro O Cidadão de Papel.

* Prezados Leitores,
A CIA CIDADÃO DE PAPEL, tem como característica marcante a discussão de problemas como a fome, desemprego, distribuição de renda, criança em situação de rua, preconceito racial e outros problemas sociais, indico o espetaculo para conscientizar e enriquecer as criticas sociais da população em geral. 
"Quem sabe faz a hora não espera acontecer" - Espero por você, a mudança começa com arte!   

Nenhum comentário: