Google+ Followers

quarta-feira, 30 de março de 2011

DJ Van Müller no Club Ego neste sábado - Hotel Pestana


Dividindo a cabine com Oliver com Hand, Anne Louise, Tommy Oliver e muito mais, a vibração da festa Equilibrium promete muito no espaço do Hotel Pestana


Sempre atenta as novidades que vem surgindo, DJ Van Müller não poderia ficar por fora de uma festa criativa da produtora Valley Young: a Equilibrium. Jovens produtores vão levar ao badalado espaço do Club Ego (Hotel Pestana) neste sábado, um mix de sons e vertentes.  Participar de novas propostas, me deixa muito feliz. A Valley Young já mostrou que pode fazer bem feito na Just Ween e agora vai ser um sucesso, com certeza, a Equilibrium. Foi um prazer receber o convite e quero agitar muito o espaço especial do Club Ego”, ressalta a DJ. Junto com ela nessa noite, Enrico Masiero, Tommy Oliver, Hand, Anne Louise e Mar& Pop Up.

Serviço
Local: Club Ego – Hotel Pestana – Rio Vermelho – Salvador

Festa: EQUILIBRIUM
Data: 02/04/2011
Valor: R$ 35  
Horário: a partir de 14h

terça-feira, 29 de março de 2011

ONE-NINE-FOUR-SEVEN - VIVADANÇA

One-Nine-Four-Seven - Tadashi Endo
O estar entre. As infinitas transformações e metamorfoses da vida, a circulação da história universal. O fluxo contínuo entre passado, presente e futuro. O tempo infinito. O invisível que se torna visível a partir do olhar para o mundo interior, o vazio, o espaço que existe entre as coisas. A alegria e a tristeza do momento presente. A tensão entre ying e yang, masculino e feminino, e o movimento eterno entre ambos. Em One-Nine-Four-Seven, Tadashi Endo toma como linha condutora a sua própria vida, na fronteira entre o Japão e a Europa, para expressar o MA, (o interstício, o estar entre), elemento fundamental do seu estilo, o Butoh-MA.


CONHEÇA MAIS SOBRE TADASHI ENDO - Atualmente, Tadashi Endo é, além de dançarino de Butô e coreógrafo, diretor do centro coreográfico e festival internacional MAMU – Butoh Center em Göttingen, Alemanha. Seus solos incluem os espetáculos MASynapsisKara Da Kara,TasogareMAbeMA (em homenagem ao pintor nipo-brasileiro Manabu Mabe), One-Nine-Four-Seven e Ikiru, performance improvisacional em homenagem a Pina Bausch. Em 2008 e 2009, participou e fez a preparação de dança do filme Hanami - Cerejeiras em Flor, da cineasta Dóris Dörrie, indicado ao Urso de Ouro no Festival Internacional de Berlim.

FICHA TÉCNICA DE ONE-NINE-FOUR-SEVEN
Coreografia, interpretação, luz e figurino: Tadashi Endo
Música: Osamu Goto, Kronos-Quartett, Peter Tchaikovsky


ONE-NINE-FOUR-SEVEN
Quando: 02 e 03 de abril
Horário: 20h
Onde: Teatro Vila Velha
Preço: Gratuito

VIVADANÇA Festival Internacional

cid:image003.jpg@01CBE9FE.AE5BAE00

Batizado inicialmente com o nome de Mês da Dança no Vila, o Festival foi criado em 2007, a partir de uma articulação da diretora do Núcleo Viladança do Teatro Vila Velha, Cristina Castro, com grupos que já vinham para a Bahia e desejavam apresentar-se no espaço. Num convênio de colaboração para difusão da dança entre o Governo do Estado e o Teatro Vila Velha, a diretora acrescentou à programação nacional apresentações de grupos locais, oficinas, debates, exibição de vídeos e palestras.
Em 2008, a programação passou a ser mais curatorial e contou pela primeira vez com a participação de grupos internacionais: o Science Friction, do Canadá, e o Asier Zabaleta, da Espanha. Neste ano surgiu o projeto Casa Aberta, mostra feita a partir da inscrição de mais de 40 artistas da cidade. Mesas redondas, palestras, exibições de videodança e documentários continuaram a integrar a programação, ajudando a refletir sobre a dança, enquanto a oferta de oficinas e de espaço para a improvisação estimularam a sua prática.
Em 2009, o Festival participou do Ano França-Brasil, com exibições de documentários franceses sobre a dança, a apresentação da Cie Toufik OI e a oficina gratuita de seu coreógrafo Toufik Oudhriri Idrissi. No mesmo ano, Lanònima Imperial e Daniel Abreu vieram da Espanha com espetáculos e oficinas. Do Brasil, participaram grupos de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro. Ainda nessa edição aconteceu a mostra Hip Hop em Movimento, trazendo a Batalha de Break Dance – Evolução Hip Hop, pela primeira vez, para um teatro.
Em 2010, o VIVADANÇA abordou desde as origens do samba ao mais delicado estilo coreográfico oriental, reunindo diversos artistas baianos, de outros estados brasileiros, da Espanha e do Japão. Esta quarta edição trouxe como novidades o lançamento do 1° Prêmio VIVADANÇA, para fomentar criações coreográficas e estimular a pesquisa e a produção de novos espetáculos baianos.

SERVIÇO
O quê: VIVADANÇA Festival internacional
Quando: de 1º a 30 de abril
Onde: Teatro Vila Velha, Passeio Público, Teatro Castro Alves, Teatro Molière (Aliança Francesa), Teatro do ICBA, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Teatro do Irdeb e no Centro Cultural Plataforma.
Companhias e participantes: Internacionais - Cie Ladainha (França), Cia Cortocineses (Colômbia), La Intrusa (Espanha), Luis Arrieta (Argentina), Internationales Solo-Tanz-Theater Festival (Alemanha, Espanha, Estados Unidos, Israel), Tadashi Endo (Japão);  Nacionais – Antonio Nóbrega (SP), Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo (SP), Cia Druw (SP), Cia Virtual (SP), Grupo de Dança Primero Ato (MG), Núcleo Viladança/Cristina Castro(BA).
Direção Artística : Cristina Castro
Direção de Produção: Will Brandão
Direção Administrativa: Andréa Gama
Patrocínio:  Oi; Governo do Estado da Bahia / Secretaria da Fazenda e da Cultura - Programa Fazcultura; Caixa; Governo Federal.
Convênio: Fundo Nacional de Cultura, Ministério da Cultura.
Parceiros Institucionais:  Fundo Iberesecena; Núcleo Viladança; Forum de Dança de São José do Rio Preto; Internationales Solo-Tanz-Theater Festival; Embaixada da Espanha no Brasil; AECID; Instituto Cervantes em Salvador; Aliança Francesa; Embaixada de Israel no Brasil; Goethe Institut – ICBA; Fundação Cultural do Estado da Bahia; Teatro Castro Alves; CMA Hip Hop.
Apoio Cultural:  Oi Futuro; TVE; Rádio Educadora.
Realização:  Baobá Produções Artísticas e Teatro Vila Velha

Roberta Sá & Trio Madeira Brasil

A cantora Roberta Sá leva para os palcos as composições do sambista baiano Roque Ferreira. No álbum Quando o Canto é Reza, lançado em agosto passado, Roberta revela o universo musical de Roque e mistura a simplicidade das suas composições aos arranjos sofisticados do Trio Madeira Brasil, formado por Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker e Ronaldo do Bandolim. A interpretação marcante da cantora completa a preciosidade da obra, composta por 13 canções, oito delas inéditas, em um lançamento da Universal Music.
Nesta edição do projeto quem faz as honras da casa no show de abertura é o cantor e compositor Jurandir Santana e Mondicar Trio. O projeto promove a formação de platéia para artistas locais e nacionais, além de valorizar a canção brasileira. O MPB Petrobras conta com o patrocínio exclusivo da PETROBRAS e o apoio da Lei de Incentivo à Cultura ? Ministério da Cultura.

SERVIÇO:
Data: 02 e 03/04
Local: Teatro Castro Alves
Endereço: Praça Dois de Julho - Campo Grande
Horário: 20h
Valor: 20 (inteira) e R$ 10 (meia) - Teatro Castro Alves e nos SACs dos Shoppings Barra e Iguatemi

segunda-feira, 28 de março de 2011

XIV FÁBRICA DE IDEIAS

TEMA: IDENTIDADES E DESIGUALDADES EM PORTUGAL E NOS PAÍSES DE COLONIZAÇÃO PORTUGUESA: PERSPECTIVAS COMPARATIVAS.
EDITAL 2011
 Inscrições até 20 de abril de 2011



CURSO INTERNACIONAL AVANÇADO EM ESTUDOS ÉTNICOS E RACIAIS
Considerando a realização do 11º Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais (XI CONLAB) durante o período compreendido entre 7-11 de agosto de 2011, em Salvador, Bahia/Brasil, o Curso Internacional Fábrica de Ideias será realizado excepcionalmente nesta XIV edição, no decurso de uma semana, entre os dias 1º a 5 de agosto. Em sintonia com o CONLAB, o curso terá como tema: Identidades e Desigualdades em Portugal e nos países de colonização portuguesa: perspectivas comparativas.
A colonização portuguesa, embora motivada pela exploração e pelo lucro, tem sido vista e tem visto a si mesma como uma experiência específica, diferente e singular, quase sempre considerada melhor e mais amena, principalmente quando são enfocadas as questões relativas às relações e hierarquias raciais. É necessário refletir sobre essas interpretações e representações comparativas e reavaliar o estado da arte. Para isso, é fundamental tomar em consideração que, hoje, operamos em contextos crescentemente caracterizados pela interseção entre globalização e transito das idéias, nos quais ícones globais e sentidos locais entram em diálogo mais acirrado, provocando tensões e permitindo emergir novos discursos contra hegemônico sobre a experiência colonial.
O Curso, em caráter intensivo, consistirá de 8 horas de aulas diárias durante cinco dias. Cada sessão tratará de um tema numa perspectiva interdisciplinar, composta pelas abordagens histórica, sociológica, antropológica, lingüística, filosófica e literária. Buscar-se-á enfocar três temas centrais: a relação entre cultura e desigualdade; memória e patrimônio; e as questões das desigualdades e identidades étnico-raciais. Como é tradicional neste Curso, as aulas serão ministradas por professores com ampla experiência de pesquisa no tema abordado. Para a edição XIV serão selecionados até 30 alunos, por meio de uma seleção internacional. Os candidatos deverão estar cursando ou concluído o mestrado e/ou doutorado.
Os participantes receberão o material didático não disponibilizado em nossa página, devendo, em contrapartida, arcar com as despesas relacionadas com as passagens, hospedagens e alimentação.
Disponibilizaremos na home page do Fábrica de Ideias indicações de hotéis, pousadas e restaurantes, que oferecerão desconto para os participantes do curso.
A permanência dos alunos no curso estará condicionada a avaliação que levará em conta freqüência e participação. Será conferido certificado àqueles que apresentarem desempenho satisfatório.
REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO:
Os candidatos deverão ter formação pós-graduada ou equivalente. Uma comissão fará a seleção com base na documentação apresentada e suas decisões serão definitivas.
Os interessados em participar deverão preencher o formulário on line disponível no site http://www.fabricadeideias.ufba.br, no período compreendido entre 01 de março a 20 de abril de 2011. O formulário poderá ser preenchido em português, espanhol ou na versão em inglês.
No preenchimento deste formulário, deve-se prestar atenção para anexar os documentos descritos:
Uma carta (no máximo duas laudas) que exponha os motivos do interesse pelo curso e descreva em que medida este contribuirá para a formação do candidato e o desenvolvimento da pesquisa;
 Curriculum Vitae resumido (no máximo 5 laudas), no formato Lattes para os brasileiros;
Uma síntese do projeto de pesquisa com, no máximo, 5 laudas (espaço simples, fonte Times New Roman 12), incluída a bibliografia utilizada ;
Cópia de um artigo, ou um capítulo da dissertação ou da tese de doutorado.
O resultado da seleção será divulgado até 15 de maio de 2011.

domingo, 27 de março de 2011

Paredes em Movimento

Dança e Artes Visuais se misturam no Cine-Teatro Solar Boa Vista
Quarta edição do projeto Paredes em Movimento contempla quadrilha junina e intervenções visuais com o Atelier Coletivo VISIO


Para celebrar o 462º aniversário da cidade de Salvador no próximo dia 29 de março, a partir das 14 horas, o Cine-Teatro Solar Boa Vista, espaço cultural administrado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), realiza a 4ª edição do Paredes em Movimento
SOBRE O PAREDES EM MOVIMENTO
Uma extensão do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA), idealizada pela bailarina e coreógrafa Cristina Castro, o projeto Paredes em Movimento pretende levar para o Cine-Teatro Solar Boa Vista uma nova forma de intervenção, tendo como mola central a dança em diálogo com outras linguagens artísticas, o que deve estimular ainda mais a frequência do público ao local. A cada edição, acontece um Papo SOLAR sobre o tema proposto e uma intervenção de artes visuais.
O projeto agrega produtos gerados por ambientações plásticas, fotográficas, literárias ou tecnológicas, expostos em diferentes espaços do teatro, como foyer, paredes, janelas, portas, corredores, provocando o público, possibilitando ampliar a experiência de imersão artística ao se percorrer o prédio e consolidando mais ainda o seu papel de centro cultural. Além da apreciação estética, a ação propõe a aproximação da classe de dança com profissionais de outras áreas, visando a inspirar a construção de novas redes de reflexão e colaboração artística.

SERVIÇO
4ª Edição Paredes em Movimento – Intervenções Visuais e Papo SOLAR
Quando: 29/03/2011, terça-feira, a partir de 14h
Endereço: Cine Teatro Solar Boa Vista de Brotas: Praça Marquês de Abrantes, s/n, Parque Solar Boa Vista, Engenho Velho de Brotas
Quanto: Grátis
Telefone: 71 3116-2000

Curso Manuel Querino

O Curso Manuel Querino – Personalidades Negras será realizado, em sua terceira edição, entre os dias 29 e 31 de março de 2011, pela Academia de Letras da Bahia (ALB), e tem por uma de suas metas marcar de forma significativa o transcurso dos 88 anos da morte de Manuel Raimundo Querino, além de homenagear outras personalidades como: Olga de Alaketo, Iya Nassô, maestro Manoel Tranquilino Bastos, Cruz e Souza, Milton Santos, Nelson Carneiro, mestre Pastinha, babalawo Felisberto Sowzer, Nelson Maleiro e a Sociedade Monte-Pio dos Artistas da Bahia.
O Curso Manuel Querino – Personalidades Negras, promovido anualmente pela Academia de Letras da Bahia, no mês de março, tem como fulcro o estudo, a difusão, a rememoração da vida e obra de personalidades negras baianas e brasileiras que se destacaram nos mais diversos setores da atividade humana. Além de prestar justa homenagem, o Curso pretende analisar criticamente o transcurso dos vultos negros, observando cada personalidade dentro de seu contexto histórico e avaliando seu legado na sociedade baiana e brasileira. 

O Que: Curso Manuel Querino – Personalidades Negras / Ano III
Quando: 29 a 31 de março de 2011 das 14 às 19h
Onde: Academia de Letras da Bahia

Avenida Joana Angélica, 198 Nazaré – Salvador – Bahia – Brasil CEP: 40050-000

sexta-feira, 25 de março de 2011

Brasil do Samba e da Bossa - Sábado

Lala Carvalho e Edu Fagundes, receberão Pedro Morais para uma rica homenagem aos mestres compositores, são eles:
Tom, Vinícius,Dorival, Chico Buarque, Ary, Noel.... 
Apareçam!!
Local: Balthazar - em frente à PETROBRÁS do Itaigara, no Shopping Cidade.
Às 21:30 - Couvert: 10,00
Sábado (26/03/2011)

quinta-feira, 24 de março de 2011

NÚ BUZÚ - SEXTA E SÁBADO


O espetáculo “Nú Buzú” com muito humor e celebração, retrata o cotidiano de pessoas que utilizam esse meio de transporte para ir e vir, com seus diversos comportamentos que chegam a nos remeter a um verdadeiro teatro, são os inúmeros atores anônimos que circulam na nossa cidade e ao redor de nós. 
O foco e a atenção nesse espetáculo é na solidão das pessoas, o quanto o ser humano se encontra sozinho, nesse caos de vida moderna, globalizada, informatizada e onde o contato, o olho no olho, o toque, não são mais o centro de atenção.
|SERVIÇO|
Temporada:
18 de Março a 16 de abril, sextas e sábados, 20h.
Local:
Marina EventosRua Alagoinhas Parque Cruz Aguiar, nº. 56 – Rio Vermelho 
Parque Cruz Aguiar – tel.: 33344346 
Preço Único:R$ 20 reais. 

AFRICANTAR | Show Lamento das Águas

No dia 27 de março (Aniversário da Cidade de Salvador), domingo, a partir das 17h, o Grupo AFRICANTAR volta a apresentar o show Lamento das Águas, no Cine Teatro Solar Boa Vista. Neste show, o grupo homenageia a essência feminina do ser humano, entoando cantos às Yabás, deusas do panteão africano e responsáveis por este novo ano que se inicia.
O repertório contempla ritmos afrodescendentes como Ijexás, Sambas, Cirandas, para arranjos especialmente criados para a formação vocal do grupo que é composto de seis cantores. Canções dos Tincoãs, de Vinicius de Moraes e Baden Powell, de Antônio Carlos e Jocafi, de Roberto Mendes de Capinan, de Milton Nascimento e de Edu Lobo, se misturam a textos de Castro Alves, Pierre Verger, José João Craveirinha, Juracy Tavares, Reginaldo Prandi e Jorge Ben Jor.
SERVIÇO
Show Lamento das Águas (Grupo AFRICANTAR)
Quando - 27 de Março, a partir de 17h
Onde - Cine Teattro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas)
Quanto - R$20 e R$10 (meia)
Informações - www.africantar.wordpress.com / 3116-2000

CONCURSO PARA PREMIAÇÃO DE OBRAS MUSICAIS

AVISO EDITAL Nº01/2011 – CONCURSO PARA PREMIAÇÃO DE OBRAS MUSICAIS

O Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia – IRDEB, torna público que estará realizando CONCURSO PARA PREMIAÇÃO DE OBRAS MUSICAIS-“9º FESTIVAL DE MÚSICA EDUCADORA FM” para Seleção de Melhor Música com Letra, Melhor Música Instrumental, Melhor Intérprete Vocal, Melhor Intérprete Instrumental e Melhor Arranjo, de acordo com a Lei Federal nº8.666/93 e Lei Estadual nº9.433/05 e as normas estabelecidas no Edital.
Os interessados poderão obter informações e/ou realizar inscrição no período de 25 de março a 25 de maio de 2011, das 14:00 às 17:00 horas, no seguinte endereço: - Rua Pedro Gama, n.º413-E, Alto do Sobradinho - Federação, CEP. 40230-290, RÁDIO EDUCADORA DA BAHIA ou informações pelo telefone 0xx 71 3116 7403 e no site: www.educadora.ba.gov.br
OBS.: Em caso de inscrição através dos correios, vale a data de postagem de 25/03 a 25/05/2011. Salvador, 22/03/2011.  Paulo Roberto Vieira Ribeiro – Diretor Geral.


quarta-feira, 23 de março de 2011

"Palavra Vida" com Elisa Lucinda

(clique no banner acima para melhor visualização)

terça-feira, 22 de março de 2011

SE ACASO VOCÊ CHEGASSE - ÚLTIMAS APRESENTAÇÕES

A segunda temporada da peça ‘Se Acaso Você Chegasse’, uma linda homenagem a cantora Elza Soares, traz a participação de diversas cantoras do cenário musical baiano.
Na sexta feira (25), uma atriz surpresa desempenhará o papel da artista. No sábado (26), quem interpreta Elza é a cantora Juliana Ribeiro. Já no domingo (27), quem dá vida a homenageada da noite é a cantora baiana Márcia Short. Produzido pela Arte Sintonia Companhia de Teatro e dirigida por Antônio Marques, a peça ‘Se Acaso Você Chegasse’ reúne uma equipe de experientes atores que, através da interpretação nos palcos, reproduzem a trajetória tumultuada e o talento ímpar da artista Elza Soares.
Juliana Ribeiro e Marcia Short fazem Elza Soares, participe da promoção e concorra!

PARTICIPE DA PROMOÇÃO E CONCORRA A INGRESSOS:
Para participar basta enviar um email para concorra@correio24horas.com.br respondendo a pergunta: "Porque você deve ganhar ingressos para assistir a peça 'Se acaso você chegasse'?". Não esqueça que no corpo do email devem constar RG, Nome completo e telefone para contato. As respostas mais criativas ganham.
SERVIÇO:
Peça “Se Acaso Você Chegasse”, com participação de Juliana Ribeiro e Marcia Short
Quando: sexta (25), sábado (26) e domingo (27).
Horário: 20h
Local: Xisto Bahia, nos Barris
Quantidade de público por espetáculo: 210 pessoas
Valor: R$ 20,00 (Inteira) e R$ 10,00 (meia)
Informações: (71) 8846-1928
Vendas: no local

domingo, 20 de março de 2011

Dia Internacional contra a Discriminação Racial

A Prefeitura Municipal dos Salvador, através da Secretaria Municipal da Reparação, convida para a palestra alusiva ao dia 21 de março, Dia Internacional contra a Discriminação Racial, quando, naquele dia do ano de 1960, 69 manifestantes foram mortos a tiro no massacre de Sharpeville (África do Sul), durante um protesto pacífico contra o apartheid.
Palestrantes: 
Ailton Ferreira – Secretário Municipal da Reparação
Gilcélia Cruz - Coordenadora do Fórum Nacional da Mulheres Negras da Bahia- FNMNBA
 
Dia :  21.03
Horário: 15h
Local: Auditório da SEFAZ, rua do Tesouro, 7º andar

SEGUNDA: Vila do Choro


O melhor da música instrumental brasileira, em clássicos do chorinho executados por grandes instrumentistas baianos. Essa é a ideia do Vila do Choro, que acontece no Teatro Vila Velha, no dia 21 de março. O evento é capitaneado pelo Grupo Novato, que conta com bambas do cenário musical baiano, como Cacau do Pandeiro, Gilson Verde, Dudu Reis (Cavaquinho) e Victor Sales (violão sete cordas).

Evento: Vila do Choro
Data: 21/3/2011
Local: Teatro Vila Velha, Cabaré dos Novos
Endereço: Av. 7 de setembro, Passeio Público
Horário: 18h
Ingressos: No Local
Valor: R$ 10
Mais Informações: (71) 3083-4600

Fotografe e vá além!

JÁ PENSOU EM PROFISSIONALIZAR O SEU DOM?
Instituto Casa da Photographia, desde 1997 recomendado por quem mais entende de fotografia na Bahia e no Brasil.


Vagas limitadas. Inscrições até o dia 21/03.

Turma reduzida: apenas 8 participantes. Inscrições até o dia 28/03.

Outra grande novidade:
São 32 horas de curso, divididos em 16 encontros teóricos e práticos. Ministrado por Marcelo ReisUm curso dinâmico e completo, um grande passo para introdução ao Universo da Fotografia!
Vagas limitas. Inscrições até 21/03, com 20% de desconto.


INFORMAÇÕES:
Raimara Dourado
71 3018 3906

sexta-feira, 18 de março de 2011

Instantes de Cenas Expostas



A exposição "Instantes de Cenas Expostas" da fotógrafa Alessandra Nohvais estará em cartaz mais uma vez na programação especial do SESC Bahia, em homenagem ao Dia Internacional do Teatro e Nacional do Circo - VIVA O TEATRO! VIVA O CIRCO!
Abertura da exposição dia 18 de março no Foyer do teatro a partir das 19h.
Quem já viu, pode ver mais uma vez. Quem ainda NÃO VIU, tá na hora, né?

SERVIÇO:
Exposição "Instantes de Cenas Expostas"
Fotógrafa Alessandra Nohvais
Abertura: Hoje (18/03) as 19h
Teatro Sesc/Senac (Pelourinho)
Informações: 87827004

quinta-feira, 17 de março de 2011

VIVA AO TEATRO BAIANO


O Teatro Castro Alves (TCA), maior complexo cultural da Bahia, vai ser palco das celebrações oficiais do Dia Mundial do Teatro, comemorado em 27 de março. Para destacar a data, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Fundação Cultural do Estado (FUNCEB) e do TCA, preparou uma programação especial com produções do teatro baiano. O público poderá assistir aos espetáculos "Pólvora e Poesia""O Indignado""As Velhas""Teatro Nu: O Pedido de Casamento""1,99" e "Namíbia, Não!", além de participar de duas edições do projeto Conversas Plugadas, com os diretores Fernando Guerreiro e Luiz Marfuz.

NAMÍBIA, NÃO! 
18 de março a 1º de maio,
sexta a domingo, às 20h
Sala do Coro
Ingressos (inteira): R$ 20 até 27/03; R$ 30 de 01/04 a 01/05
Primeira montagem do texto do ator Aldri Anunciação (que está no elenco ao lado do gaúcho Flávio Bauraqui) e primeira experiência de Lázaro Ramos enquanto diretor de um espetáculo teatral adulto. A peça retrata o confinamento de dois primos em um apartamento após o governo brasileiro ter decretado que todas as pessoas de “melanina acentuada” sejam deportadas à África. A situação hipotética é futurista – a ação se passa em 2016 – e discute com muito humor as questões relacionadas à segregação racial, políticas afirmativas e maneiras como são propostas as leis no Brasil, ressaltando o viés emocional dos envolvidos no assunto. A montagem permanece em cartaz até 1º de maio, com ingressos a R$ 20 (inteira).

Conversas Plugadas
FERNANDO GUERREIRO
21 de março, segunda-feira, às 19h
Sala do Coro
Inscrições gratuitas via email: conversas.plugadas@tca.ba.gov.br
Um dos diretores teatrais baianos mais premiados e de maior sucesso, autodidata, com mais de 30 espetáculos montados - entre eles A Bofetada, Os Cafajestes, Boca de Ouro, Calígula, Vixe Maria, Deus e o Diabo na Bahia e Pólvora e Poesia. Fernando Guerreiro também é comentarista do programa Roda Baiana, uma revista sobre cultura e comportamento. Diariamente as 13h na Rádio Metrópole. Diretor de eventos como a entrega do Troféu Dodô e Osmar, Prêmio Bahia Recall. Prêmio Braskem e outros. Coordenador do Grupo de Teatro Olho de Boi, formado por funcionários dos Correios. Este grupo trabalha há 22 anos. Empreendedor e polêmico, em “Conversas Plugadas”, ele traz para o público diversos temas: O Teatro do Ator; Construção do espetáculo com base na utilização de elementos essenciais e investimento na preparação de bons intérpretes; O ator criativo. Gêneros teatrais (drama e comédia) e o mercado baiano.

PÓLVORA E POESIA - 25 de março, sexta-feira, às 20h
Sala Principal
Ingressos (inteira): R$ 20
peça dirigida por Fernando Guerreiro, abre a programação da Sala Principal, com apresentação única em 25 de março (sexta-feira), às 20 horas. Apoiado por demanda espontânea pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), o espetáculo foi o campeão em indicações do Prêmio Braskem de Teatro 2010, entrando na disputa por cinco troféus: além de “Espetáculo Adulto”, concorre em “Ator”, pela atuação de Caio Rodrigo; “Revelação”, pelo trabalho de Talis Castro, o outro integrante da dupla de elenco; “Categoria Especial”, pela cenografia de Rodrigo Frota; e “Direção”, para Fernando Guerreiro. A peça, com premiado texto de Alcides Nogueira, trata do encontro de dois grandes escritores no final do século XIX – Arthur Rimbaud e Paul Verlaine –, trazendo à tona questionamentos de valores, conceitos e ideologias. O valor do ingresso é de R$ 20 (inteira).

DOMINGO no TCA
As Velhas / abertura: Teatro Nu - O Pedido de Casamento
27 de março, domingo, às 10h
Ingressos (inteira): R$ 1 - Compra individual no dia do espetáculo, a partir das 9 horas, com acesso imediato do público.
Conta a história de duas mulheres que lutam pela posse de terras, maridos e filhos, numa espiral de vingança e solidariedade, que termina por revelar a beleza trágica do sertão. O espetáculo foi selecionado pela edição 2009 do edital Manoel Lopes Pontes – Apoio à Montagem de Espetáculo de Teatro, da FUNCEB, e recebeu quatro indicações ao Prêmio Braskem 2010: “Espetáculo Adulto”, “Direção”, para Luiz Marfuz, além de presença dupla na categoria “Atriz”, com Andrea Elia e Claudia di Moura. Antes de As Velhas, o Teatro Nu amplia sua ação realizando o Teatro Nu Teatro, num espetáculo de 30 minutos apresentado como um curta-metragem. No elenco, Fafá Menezes, Marcelo Praddo e Carlos Betão, com direção de Gil Vicente Tavares.

1,99 - 27 de março, domingo, às 20h
Sala Principal
Ingressos (inteira): R$ 20
O ator Ricardo Castro, que executa todas as funções neste trabalho – incluindo as atividades de autor, diretor, iluminador, figurinista e sonoplasta –, comemora 11 anos à frente da montagem e mantém o roteiro repleto de bom humor sobre assuntos do cotidiano como amor, sexo, amizade, política, justiça, família, dinheiro e poder. O espetáculo foi aplaudido por mais de 600 mil espectadores em todo país e, a cada nova temporada, se atualiza com as últimas notícias nacionais e internacionais. O valor do ingresso é de R$ 20 (inteira).

Conversas Plugadas
LUIZ MARFUZ - 
28 de março, segunda-feira, às 19h
Inscrições gratuitas via: conversas.plugadas@tca.ba.gov.br
O premiado professor e diretor teatral vai abordar o processo de direção dos espetáculos “As velhas” e “Policarpo Quaresma” (montagem do Núcleo de Teatro do TCA); a transcrição de textos dramáticos para a cena; a composição de personagens pela via das ações físicas; o trabalho com a sensação e a emoção; a preparação dos atores; o diálogo dos métodos tradicionais de composição de personagem com tendências contemporâneas de atuação. Marfuz é doutor em Artes Cênicas e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas, pela UFBA.Encenou espetáculos a partir de textos próprios (A última sessão de teatro, Cuida Bem de Mim, e peças de dramaturgos contemporâneos: Comédia do Fim (Beckett); Mãe Coragem e O casamento do pequeno burguês (Brecht); Cabaré das ilusões e Atire a primeira pedra (Nelson Rodrigues). Dirigiu, também, montagens a partir de clássicos da literatura: Decamerão (Boccaccio); Língua de Fogo (Saul Below); Policarpo Quaresma (Lima Barreto), além de shows com Maria Bethânia, Gilberto Gil, Dorival Caymmi, Nana Caymmi, Carlinhos Brown e Elza Soares, entre outros.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Lia Chaves comanda o AfroSoulBlues



A "BluesWoman" (Lia Chaves), como é considerada pelo público em geral, está comandando o projeto "AfroSoulBlues", dando uma nova roupagem a canções consagradas, na sua maioria de compositores baianos.

A seleção das músicas é baseada no canto para os Orixás. Por tanto através de uma pesquisa foi elaborado um repertório muito especial, já que as raizes  do Soul, do Blues e do candomblé é da mesma matriz africana, sendo assim, irmãos que se reencontram agora  nesse show. 
"Um canto de louvor a Deuses, lamentos, lendas, crenças e cotidiano".
Com mais de 25 anos na musica, Lia Chaves deu inicio a sua carreira cantando no Bloco Crocodilo,foi cantora da Orquestra do maestro Zeca Freitas, da Quarter Blues Band, ganhou o prêmio de melhor interprete do primeiro festival de musica da radio Educadora e tem uma carreira solo respeitada como uma grande cantora baiana.

Show AfroSolBlues
Quarta-feira dia 23/03/2011 as 21:00hs.
Praça Pedro Arcanjo (Pelourinho).
Grátis.

CALDEIRÃO CULTURAL

CALDEIRÃO CULTURAL LIVRARIA CULTURA SALVADOR SHOPPING


Homenagear, promover e discutir a cultura africana e todos os seus elementos e diversidade, sobretudo em nossa Capital, de predominância negra, tornou-se uma necessidade.
Dessa forma, o Caldeirão Cultural: Bahia Versus África, primeiro evento da Livraria Cultura de Salvador em prol das discussões étnico-raciais, surge trazendo na sua concepção muito mais do que apresentações sobre o tema: faz com que, durante as horas de atividades culturais na loja, ocorra de fato maior discussão sobre a importância do legado e da cultura trazida da África para o Brasil.
A reunião de várias expressões, dentre elas apresentações de música, teatro, exposição de fotografias, debates, oficinas de artes plásticas, manifestações folclóricas e populares, no dia 21.03, a partir das 15 horas, na loja do Salvador Shopping, permitirá maior conscientização para as questões étnico-raciais.
A culminância dessas atividades ocorrerá à noite, com uma mesa reunindo intelectuais, homenageando a historiadora Katia Mattosso, que, falecida recentemente, deixa enorme contribuição nas pesquisas sobre historiografia negra na Bahia, e uma lacuna enorme na História do Estado, e do país.

Dia 21.03 (Segunda-feira), a partir das 15 horas.
Livraria Cultura Salvador
Endereço: Av. Tancredo Neves, 2915 Salvador Shopping 41.820-910
Telefone: 3505-9050 / 9051