Google+ Followers

terça-feira, 29 de março de 2011

VIVADANÇA Festival Internacional

cid:image003.jpg@01CBE9FE.AE5BAE00

Batizado inicialmente com o nome de Mês da Dança no Vila, o Festival foi criado em 2007, a partir de uma articulação da diretora do Núcleo Viladança do Teatro Vila Velha, Cristina Castro, com grupos que já vinham para a Bahia e desejavam apresentar-se no espaço. Num convênio de colaboração para difusão da dança entre o Governo do Estado e o Teatro Vila Velha, a diretora acrescentou à programação nacional apresentações de grupos locais, oficinas, debates, exibição de vídeos e palestras.
Em 2008, a programação passou a ser mais curatorial e contou pela primeira vez com a participação de grupos internacionais: o Science Friction, do Canadá, e o Asier Zabaleta, da Espanha. Neste ano surgiu o projeto Casa Aberta, mostra feita a partir da inscrição de mais de 40 artistas da cidade. Mesas redondas, palestras, exibições de videodança e documentários continuaram a integrar a programação, ajudando a refletir sobre a dança, enquanto a oferta de oficinas e de espaço para a improvisação estimularam a sua prática.
Em 2009, o Festival participou do Ano França-Brasil, com exibições de documentários franceses sobre a dança, a apresentação da Cie Toufik OI e a oficina gratuita de seu coreógrafo Toufik Oudhriri Idrissi. No mesmo ano, Lanònima Imperial e Daniel Abreu vieram da Espanha com espetáculos e oficinas. Do Brasil, participaram grupos de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro. Ainda nessa edição aconteceu a mostra Hip Hop em Movimento, trazendo a Batalha de Break Dance – Evolução Hip Hop, pela primeira vez, para um teatro.
Em 2010, o VIVADANÇA abordou desde as origens do samba ao mais delicado estilo coreográfico oriental, reunindo diversos artistas baianos, de outros estados brasileiros, da Espanha e do Japão. Esta quarta edição trouxe como novidades o lançamento do 1° Prêmio VIVADANÇA, para fomentar criações coreográficas e estimular a pesquisa e a produção de novos espetáculos baianos.

SERVIÇO
O quê: VIVADANÇA Festival internacional
Quando: de 1º a 30 de abril
Onde: Teatro Vila Velha, Passeio Público, Teatro Castro Alves, Teatro Molière (Aliança Francesa), Teatro do ICBA, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Teatro do Irdeb e no Centro Cultural Plataforma.
Companhias e participantes: Internacionais - Cie Ladainha (França), Cia Cortocineses (Colômbia), La Intrusa (Espanha), Luis Arrieta (Argentina), Internationales Solo-Tanz-Theater Festival (Alemanha, Espanha, Estados Unidos, Israel), Tadashi Endo (Japão);  Nacionais – Antonio Nóbrega (SP), Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo (SP), Cia Druw (SP), Cia Virtual (SP), Grupo de Dança Primero Ato (MG), Núcleo Viladança/Cristina Castro(BA).
Direção Artística : Cristina Castro
Direção de Produção: Will Brandão
Direção Administrativa: Andréa Gama
Patrocínio:  Oi; Governo do Estado da Bahia / Secretaria da Fazenda e da Cultura - Programa Fazcultura; Caixa; Governo Federal.
Convênio: Fundo Nacional de Cultura, Ministério da Cultura.
Parceiros Institucionais:  Fundo Iberesecena; Núcleo Viladança; Forum de Dança de São José do Rio Preto; Internationales Solo-Tanz-Theater Festival; Embaixada da Espanha no Brasil; AECID; Instituto Cervantes em Salvador; Aliança Francesa; Embaixada de Israel no Brasil; Goethe Institut – ICBA; Fundação Cultural do Estado da Bahia; Teatro Castro Alves; CMA Hip Hop.
Apoio Cultural:  Oi Futuro; TVE; Rádio Educadora.
Realização:  Baobá Produções Artísticas e Teatro Vila Velha

Nenhum comentário: