Google+ Followers

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

MARIELLA SANTIAGO - "[In]Tudo que é canto"



Sextas de Dezembro (11 e 18), 22 h. Portela Café
Rua Itabuna, 304, Pq. Cruz Aguiar. Rio Vermelho. Inf. 8733 6661
R$ 20,00 (inteira) e R$ 15,00 com a apresentação do flyer

A cantora Mariella Santiago estreia no Portela Café, o show "[In]Tudo que é canto", inspirado na sequência de suas viagens, e nos lugares por onde tem cantado com seu projeto solo ou em parceria com outros artistas, como o rapper senegalês Didier Awadi, revelação da música francesa que abalou o chão do Museu do Rítmo durante o Festival de Músicas Mestiças, com participação especialíssima de Mariella, e o músico indiano Ananda Jyoti, e seu grupo, com quem tem se apresentado em São Paulo, Recife, Brasília e Rio de Janeiro, nos últimos meses.
Assim essa pós- tropicalista vai fazendo seu caminho por dentro da nova MPB.Um caminho que conduz a lugares inusitados e sempre volta, com tudo, para casa - seja nos temas das canções ou nas releituras que inventa de hits como "Beat it", do imortal Michael Jackson.O repetório traz ainda"Apará", balada romântica de sua autoria, lançada este mês no CD do VII Festival Educadora FM."Vidinha", um samba todo quebrado do baiano Ronei Jorge, Cuba, sucesso do pernambucano Otto, e "Duas Cidades" samba- reggae- lounge de Marcelo Seco (Lampirônicos) e Russo Passapusso (Ministério Público), completam a diversidade da lista.
"[In] Tudo que é canto" é, acima de tudo, um show pra dançar, rompendo um ciclo longo de apresentações calmas, com um repertório mais cool. A temporada no Portela Café terá ainda o lançamento do primeiro EP da cantora - CD com 4 faixas, inéditas e 2 remixes, lançado pelo selo baiano GARIMPO MÚSICA, o mesmo do violonista João Omar, do músico Mateus Aleluia e coletivo Baiana System.
[In]Tudo que é canto, como o próprio nome sugere, é um show de movimento, rítmo e muita ginga, pra driblar as distâncias e todo tipo de barreiras físicas ou de estilo.E o movimento não para por aí: Em Janeiro o show fica com um pé em Salvador e outro no Rio, onde Mariella vai se apresentar às terças-feiras, enquanto continua por aqui, sempre nos fins de semana.Essa disposição demonstra que Mariella não se contenta com a onipresença virtual fácil de nossos dias - ela quer e vai estar em tudo que é canto - pelo menos até as águas de março.

Mariella é acompanhada por:
Ângelo Santiago(contrabaixo)
Antenor Cardoso(bateria)
Isaias Rabelo(teclados).

Nenhum comentário: